Instituição oferece crescimento e desenvolvimento tecnológico das indústrias

Atualmente, o mercado de trabalho anda muito competitivo e se preparar para disputar uma vaga acaba sendo a melhor saída. No SENAI PE 2021 você encontrará diversos cursos gratuitos oferecidos para a comunidade de baixa renda. Quer saber como estudar no SENAI PE 2021? Acompanhe nossas dicas e informações!

A principal missão do SENAI é contribuir para o crescimento e desenvolvimento tecnológico das indústrias, proporcionando uma formação de qualidade a todos os seus alunos, tornando-os aptos a exercerem os mais diversos cargos.

O SENAI PE se firmou em Pernambuco há mais de 50 anos e até hoje proporciona uma formação de qualidade a todos que passaram por essa escola.

Sem dúvida nenhuma, o aluno sai do SENAI PE 2021 com uma capacitação profissional de qualidade. Não é à toa que onde tem uma unidade do SENAI a competitividade aumenta na disputa de uma vaga de emprego nas indústrias, pois elas são obrigadas quer queira quer não a investir na melhor formação profissional de seus colaboradores.

SENAI PE 2021: Quais são os cursos oferecidos?

No SENAI PE 2021 você encontrará uma infinidade de cursos gratuitos. Todos esses cursos foram criados para atender a demanda de serviços do estado de Pernambuco.

Cada curso é dividido em níveis de formação e podem ser de aprendizagem, qualificação, técnico e formação continuada.

Outro ponto importante é que cada curso pertence a um grupo. Veja abaixo alguns desses grupos:

  • Automação;
  • Segurança do Trabalho;
  • Alimentos e Bebidas;
  • Automotiva;
  • Telecomunicações;
  • Construção;
  • Gestão;
  • Madeira e Mobiliário;
  • Eletroeletrônica;
  • Refrigeração e Climatização;
  • Têxtil e Vestuário;
  • Logística;
  • Meio Ambiente;
  • Transportes;
  • Química;
  • Tecnologia da Informação.

Para você entender melhor essa divisão, veja esse exemplo:

O grupo Alimentos e Bebidas oferece a formação de Aprendizagem e seus cursos nesse tipo de formação são: Operador de Processamento de Frutas e Operador de Processos na Indústria de Alimentos. Já na formação técnica desse mesmo grupo, o curso oferecido é Técnico em Alimentos.

Você, que não tem tempo e gostaria muito de estudar, poderá optar em fazer algum curso a distância no SENAI PE . São cursos atuais e modernos, com muitas vagas no mercado de trabalho, tais como:

  • Tecnologia da Informação
  • Segurança do Trabalho
  • Legislação Trabalhista
  • Empreendedorismo

O SENAI PE também oferece para a população a sua faculdade de tecnologia considerada uma das melhores da região, com um corpo docente de alta qualidade e uma infraestrutura de dar inveja.

Numa escala de avaliação do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) que vai de 1 a 5, a Faculdade de Tecnologia do SENAI PE 2021 obteve uma nota 4.

SENAI PE 2021: Como fazer as inscrições?

As inscrições para os cursos gratuitos no SENAI PE 2021 ainda não foram abertas. Como de costume, elas são efetuadas pela internet através do site oficial da instituição. Se você preferir, poderá também comparecer na unidade de interesse.

É importante lembrar de levar todos os seus documentos de identificação como RG, CPF e outros que achar necessário. Demonstre o seu interesse por algum curso e, se possível, já reserve a sua vaga.

Contato

Se você tiver mais alguma dúvida e quiser esclarecer, você poderá entrar em contato com a unidade do SENAI PE  pessoalmente ou por telefone. Anote os dados:

Não deixe essa oportunidade escapar. Entre em contato o quanto antes e garanta a sua vaga!

Veja como você pode ajudar seus filhos a se saírem melhor na escola

Se você é do tipo de pai que gosta de acompanhar tudo do seu filho em relação à escola, e está sempre buscando formas de participar da formação escolar dele, trouxemos algumas dicas que podem te ajudar!

É importante dar um direcionamento para os nossos pequenos e com algumas dicas simples, você pode ajudar a melhorar o desempenho dele nas matérias.

O seu filho está indo mal ou precisa melhorar alguma nota na escola? Bem, isso é normal e você não precisa se desesperar, basta saber como agir para mudar a situação.

Quando você participa da vida escolar do seu filho, a probabilidade de que ele passe a se sair melhor nas atividades escolares é alta. Vamos aprender o que fazer desde o começo!

DICA 1 – Conheça o ambiente escolar da criança

Muitas vezes, problemas na escola são provenientes de má adaptação, novos desafios e até a prática de bullying. Para saber como melhorar o desempenho do seu filho, é preciso entender a causa dele estar indo mal.

O ideal é que você possa visitar a escola vez por outra, para conversar com a direção e os educadores. Não esqueça de levar em consideração a opinião do seu filho. Busque saber do problema na fonte e compare com o que for conversado junto a equipe pedagógica.

DICA 2 – Complemente a grade curricular

Identificado o problema, será hora de agir também em relação ao aprendizado. Ter dificuldade em determinada matéria é normal e você pode ajudar complementando o que foi passado na escola com apostilas.

Uma boa opção é utilizar o Caderno do Aluno 2021, um recurso prático que pode aumentar as notas do seu filho na escola, se usado constantemente como prática de exercícios.

DICA 3 – Busque por aulas para matérias isoladas

Para quem dispõe de um dinheirinho extra e quer investir na educação da criança, é válido procurar aulas de matéria isoladas para ajudar.

Existem algumas opções em conta e o Caderno do Aluno também pode ser usado para praticar depois os assuntos vistos em sala de aula.

DICA 4 – Ajude a criar um cronograma de estudos

Sem organização fica difícil obter bons resultados, portanto auxilie o seu filho a estabelecer um horário diário para revisar as matérias da escola.

Lembre-se de dar prioridade aos conteúdos que ele tem dificuldade e se possível crie um ambiente confortável para o estudo. Pode ser uma mesinha organizada em um canto iluminado da casa!

Conheça iniciativas que auxiliam conquistar o diploma de graduação

Hoje existem muitas iniciativas que podem auxiliar você a conseguir o seu diploma de graduação. Uma boa opção são os programas de financiamento estudantil a fim de facilitar o acesso ao nível superior como o PraValer. Mas será que os juros deste financiamento compensam? Veja a seguir como funciona este recurso e se ele é viável para você.

O que é e como funciona o PraValer?

O PraValer é um programa de financiamento estudantil que está no mercado há alguns anos. Esta inciativa representa o maior auxílio estudantil do setor privado e já ajudou diversos estudantes a conquistarem seu diploma.

O suporte é oferecido aos estudantes através de parcerias com instituições de ensino de qualidade. O PraValer, assim como o FIES 2021 possibilita o parcelamento das mensalidades do curso por intermédio de juros de empréstimo.

Este crédito universitário é exclusivo para o nível superior e pode ter um termo de contratação diferente de acordo com a situação de cada estudante. Uma parte do valor a ser pago é cumprido durante o curso e a outra, após a formatura.

O financiamento vale a pena?

Como você pôde conferir, a inciativa do PraValer é muito importante e proporciona segurança durante a sua formação. Mas considerando os juros do crédito estudantil, será que este programa vale mesmo a pena para o estudante?

Diferente do Fies, que também proporciona financiamento estudantil, o PraValer é simples e nada burocrático. Os requisitos são poucos e o acesso à graduação será rápido.

É importante mencionar que você pode solicitar o auxílio com o programa a qualquer momento, além de não precisar preencher requisitos de escolaridade ou baixa renda. As vagas são ilimitadas, por isso o auxílio pode ser facilmente requerido para diversas graduações em diferentes áreas do mercado.

Que cursos posso fazer?

A variedade de cursos do PraValer visa atender o máximo de estudantes possíveis e isto é realizado através do convênio com mais de 300 instituições de ensino reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). As possibilidades de graduações são muitas! Confira abaixo algumas áreas que você pode seguir utilizando o financiamento estudantil do programa:

  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Artes Visuais
  • Biomedicina
  • Ciências Biológicas
  • Ciências Contábeis
  • Comunicação Social – Jornalismo
  • Comunicação Social – Publicidade e Propaganda
  • Direito
  • Educação Física
  • Engenharia Aeronáutica
  • Engenharia Agronômica
  • Engenharia Civil
  • Engenharia da Computação
  • Engenharia de Produção
  • Farmácia
  • Gastronomia
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Gestão Financeira
  • História
  • Letras
  • Medicina
  • Medicina Veterinária
  • Nutrição
  • Pedagogia
  • Psicologia
  • Serviço Social

Informações a respeito do financiamento estudantil MEC segundo semestre

Muito tem se falado a respeito das inscrições do 2º semestre do Fies, muitos querem saber se vai ter, como vai ser, quantas vagas e muitas outras informações importantes a respeito, então confira aqui todas as novidades a respeito das inscrições para o Fies 2020 no 2º semestre, isso porque o MEC já anunciou que vai ter sim, então fique por dentro e não perca essa ótima chance de fazer um curso superior através do Fies.

Fies 2020 2º semestre

O MEC (Ministério da Educação) anunciou que, ao contrário do que muitos pensavam, vai ter sim a edição do 2º semestre para o Fies (Fundo de financiamento estudantil), ainda não foi divulgado a data que vai começar a inscrição, porém várias novidades fazem parte dessa edição.

De acordo com Renato Janine Ribeiro, ministro da educação, na segunda edição os candidatos terão acesso a maiores informações e isso vai facilitar bastante na hora da inscrição.

Quem tem prioridade?

Primeiramente é preciso saber que o Governo estabeleceu que os cursos das áreas de engenharia, saúde e formação de professores são os cursos que tem prioridade no Fies 2020, além disso, os cursos que possuem nota 4 e 5 no MEC são os que mais terão prioridade também, isso porque 4 e 5 são as notas mais altas do MEC.

Tem prioridade também os estudantes das regiões mais necessitadas do país como é o caso do Norte e Nordeste.

Vagas e Universidades

Ainda não foram definidas as quantidades de vagas, porém o MEC deixou claro que todas as informações serão divulgadas com antecedência, ou seja, o número de vagas e em quais universidades os candidatos vão poder participar, dessa forma o candidato terá uma informação mais concreta antes de fazer a inscrição.

As datas de inscrição também não foram divulgadas, de acordo com o ministro da educação é preciso encerrar os processos seletivos do Sisu e do ProUni, depois já entra o Fies.

Fies 2º semestre Novidades

O Ministro da Educação também declarou que nessa edição vai ter uma novidade, ele ainda não deixou claro o valor, porém, a renda familiar mensal máxima que era de 20 salários mínimos, vai diminuir.

De acordo com o ministro a renda máxima era muito alta e não batia com a característica do Fies que é um programa de inclusão social, confira o que ele disse: “Era muito alta. Você financiar quem tem R$ 14 mil de renda familiar não bate. Mesmo que o financiamento não fosse integral, não bate com uma das características do Fies, que são programas de inclusão social. Quer dizer, não é só inclusão social, é inclusão social em cursos bons, em áreas prioritárias para o país, de preferência, e favorecer as regiões que mais precisam”.

Assim que forem divulgadas as datas e todos os processos de inscrições nós já divulgaremos para vocês, fique de olho e não perca essa chance.

Requisitos para receber bolsas de estudos

O benefício das bolsas é focado em quem realmente precisa e não pode pagar a mensalidade. Por isso é importante cumprir todos os pré-requisitos ou o cadastro não é aprovado.

São pré-requisitos do ProUni:

  • Ter cursado todo o ensino médio em uma escola pública ou ser bolsista em particular;
  • Concluinte do ensino médio com deficiência;
  • Professor do ensino médio com magistério;
  • Ter renda familiar bruta de um salário mínimo e meio por pessoa;
  • Ter feito a prova do Enem com nota de redação diferente de 0 (zero) e conhecimentos específicos superior e 6.

Se todos os critérios acima forem atendidos é só escolher o curso desejado na instituição parceira do MEC e realizar o cadastro. Se vencer a concorrência a bolsa começa a valer.

Todos os dados são informados em documentação no ato da matrícula com documentação. Caso haja alguma discrepância com o cadastro a vaga será aberta novamente.

Para poder concorrer a uma vaga no Prouni você deve realizar a inscrição Enem 2020, e atingir uma boa pontuação.

Como Fazer a Inscrição do Prouni

A inscrição do ProUni é realizada gratuitamente através do site oficial do programa. Ela é totalmente virtual, não tendo agentes ou intermediários para realizar o cadastro do estudante.

Na tela inicial do site oficial do ProUni clique em “fazer inscrição” e siga o passo a passo disposto pelo site. Preencha com seus dados pessoais e crie seu cadastro.

As Inscrições PROUNI sempre iniciam quando as notas do Enem são divulgadas. Vale a pena ficar ligado no calendário para não perder porque são anuais.