Arquivar outubro 15, 2020

Como recorrer a multas de trânsito? Veja aqui!

O trânsito é regido por diversas leis que cuidam para o bom funcionamento do mesmo. Quando o motorista deixa de cumprir com este regulamento, fica sujeito a cobrança de multas por infrações de trânsito. Se por acaso, a pessoa multada achar que a cobrança foi injusta, ela pode recorrer à esta penalidade. Você sabe como funciona o processo? Confira a seguir:

Quais as multas que podem ser recorridas?

Pode acontecer dois tipos de cobrança de multas, aquelas que são efetuadas por infração das leis de trânsito e aquelas que são efetuadas por descumprimento de taxas obrigatórias.

Vale lembrar ainda que as multas de trânsito são divididas em categorias, são elas: leves, médias, graves e gravíssimas. As multas mais brandas podem ser recorridas, entretanto, as mais graves devem ser apenas cumpridas.

Por exemplo, ser autuado com o IPVA atrasado irá gerar a cobrança de multa de teor grave ou gravíssima, além de sete pontos na CNH do proprietário.

É preciso ressaltar que o valor do IPVA é diferente para alguns estados e pode ter um acréscimo de juros por atraso distinto. Isto quer dizer que o valor IPVA MG será diferente do valor IPVA PE, ou IPVA SP.

Como recorrer às multas?

Como mencionado nos parágrafos anteriores, você só poderá recorrer as multas leves e médias. As infrações de níveis mais altos devem somente ser pagas. É importante mencionar que o recurso só pode ser utilizado se você não tiver sido multado pelo mesmo motivo nos últimos meses.

A primeira coisa que deve ser observada é se houve algum erro no formulário de preenchimento da sua infração pelo agente de trânsito. Os dados e especificações devem constar corretamente. Depois desta verificação, você deverá elaborar a sua defesa prévia. Há vários modelos de documento na internet ideias para esta declaração.

É preciso também identificar o órgão responsável pela cobrança de sua multa e assim, enviar o recurso à ele. Nem todas as multas são de responsabilidade do Detran! Caso o seu pedido venha a ser negado por estes órgãos, será preciso enviar o mesmo modelo, especificando a sua situação para a Junta Administrativa de Recursos de Infração de Trânsito (JARI).

O último recurso a ser enviado, se você continuar a ser notificado pela penalidade, é para o CETRAN ou CONTRADIFE. O órgão irá depender de acordo com o seu estado, por isso, informe-se! O mesmo modelo poderá ser enviado a fim de transformar a sua multa em advertência ou cancelar a mesma.

Como calcular o quanto devo cobrar no aluguel de uma casa

Se você está pensando em alugar o seu imóvel mas não faz ideia do que colocar na balança na hora de estabelecer o valor do aluguel, você precisa conferir este texto!

Ter dúvidas na hora de saber quanto o aluguel da sua casa vale é comum, afinal, se você cobrar acima do que ele vale, fica difícil fechar negócio e se cobrar abaixo, o seu imóvel fica desvalorizado.

Por isso, saiba a seguir o que você deve considerar na hora de estabelecer o valor da locação da sua casa!

IPTU

O primeiro e mais importante ponto para definir um aluguel é o IPTU BH. Este é o imposto referente aos proprietários de imóveis e por isso, o aluguel tem que ser correspondente a este valor para você não saia perdendo.

O IPTU é diferente para cada família, pois depende do tipo de imóvel, da situação socioeconômica da região e até do estado. Neste caso, é preciso que você confira o IPTU 2021 antes de anunciar a sua casa para alugar. O valor cobrado deve ser equivalente!

Metros

Outro ponto muito importante é o tamanho do imóvel. Cobra-se o valor considerando também os metros quadrados da casa em questão. Você sabia que em algumas regiões o metro quadrado pode ser muito mais caro?

O ideal é que você faça uma pesquisa de mercado para saber quanto é cobrado por metro quadrado na sua região, assim, você segue o padrão de cobrança para o seu bairro e não sai no prejuízo.

Cômodos

A quantidade de cômodos em uma casa também pode subir ou diminuir bastante o preço da locação. Muitas casas tem espaço, mas foram mal divididas na construção e por isso, possuem poucos cômodos.

Vale a pena anunciar quantos quartos, banheiros, salas e espaço ao ar livre existe na sua casa. Mesmo que eles não sejam tão espaçosos, o seu imóvel ficará valorizado.

Localização

Como mencionado anteriormente, a localização do seu imóvel é um ponto importante para definir o valor. Mesmo com uma casa perfeita, se o acesso for difícil a casa pode ficar desvalorizada.

Observe pontos de táxi, comércio e pontos de ônibus próximos a sua residência. Isto pode até ser incluso no anuncio de aluguel do seu imóvel.

Obras recentes

Nada melhor do que se mudar para um lugar já prontinho para morar, com um visual moderno e um ar de novo. É preciso que você valorize o seu patrimônio.

Uma boa mão de tinta já pode mudar a cara do lugar. Se você já tiver realizado obras recentes, não deixe de anunciar e aplicar os gastos no valor da locação.